Alfazema


Espécies de Lavandula

 

O panorama dos campos de alfazema de um lntenso azul-purpúreo reluzindo com o calor à medida que se percorre o vale do Ródano é, para mim, a primeira indicação real de que chegámos às terras quentes do Sul. Oriunda da região do Mediterrâneo, a alfazema tornou-se uma popular planta de jardim na Inglaterra dos Tudor.

Hoje, a alfazema cresce em muitas partes do mundo para exibição, para a cozinha e por causa dos seus óleos aromáticos.

Lavanda-inglesa L. angustifolia

A folhagem verde-acinzentada e as flores lilases, púrpura ou brancas desta planta perene e sempre-verde fazem dela uma das mais atraentes plantas de jardim. Também chamada alfazema-comum, é o melhor tipo de alfazema para cozinhar, por causa do seu baixo teor de cânfora.

 

Utilizações culinárias

A alfazema é muito forte e deve ser usada com parcimónia. Algumas flores secas de alfazema mergulhadas num frasco de açúcar refinado durante uma semana vão conferir-lhe um aroma requintado e doce. Como alternativa, triture flores frescas de alfazema e açúcar até obter um pó — isto vai dar um sabor mais forte uma vez que a moagem desfaz os botões das flores e o açúcar absorve os óleos aromáticos. Use o açúcar em bolos e sobremesas.

As flores frescas podem ser picadas e adicionadas a bolos, bolachas ou à massa dos doces antes de levar ao forno. Espalhe pétalas por cima de bolos ou sobremesas para decorar Junte flores a uma geleia ou gelatina perto do final da cozedura, ou a compotas de fruta para obter uma nota levemente picante. Mergulhe-as em natas, leite, xarope, ou vinho para aromatizar sorvetes e outras sobremesas. O gelado de alfazema é muito bom, ou experimente adicionar alfazema a um gelado ou mousse de chocolate.

A alfazema também é óptima com pratos salgados. Pique as folhas numa salada ou espalhe as flores por cima. Junte as flores picadas ao arroz. Use as flores e as folhas picadas para dar gosto a carneiro, coelho assado ou estufado, frango ou faisão. Adicione alfazema às marinadas ou quando esfregar os alimentos. A alfazema também faz um excelente vinagre.

Na zona do Mediterrâneo a alfazema é utilizada em misturas de ervas aromáticas. Na Provença, é misturada com tomilho, segurelha e alecrim; em Marrocos é por vezes usada no ras el hanout. Vai bem com amoras pretas, mirtilos, cerejas, ameixas secas, amoras, ameixas, ruibarbo e morangos; frango, carneiro, faisão e coelho. Combina bem com manjerona, orégãos, salsa, perila, alecrim, segurelha e tomilho.

Folhas Frescas

Tal como o alecrim, a alfazema tem folhas rijas que devem ser finamente picadas. As flores também possuem uma base firme, mas as pétalas podem ser arrancadas.

Notas de Sabor

A alfazema possui um aroma penetrante, suavemente floral e picante com notas de limão e hortelã; o sabor é semelhante a cheiro com vestígios de cânfora e um travo de amargura que fica na boca. As flores têm uma fragrância muito forte, mas as folhas também podem ser utilizadas.

Parte Utilizadas

As flores frescas e secas; as folhas.

Comprar e Guardar

Há uma imensa variedade de tipos de alfazema desde a Primavera até ao Outono. As flores e as folhas frescas da alfazema conservam-se num saco de plástico no frigorifico até ao período máximo de uma semana. A alfazema seca conserva-se durante um ano ou mais. Para secar as flores, pendure os caules em pequenos ramos ou então espalhe-os em tabuleiros; quando estiverem secos, esfregue as flores entre as mãos para as tirar dos caules e guarde-as em seguida dentro de um recipiente hermético.

Plante Você Mesmo

A alfazema precisa de um lugar exposto e soalheiro e de um solo bem drenado, quer seja no jardim quer seja num vaso. È melhor colher as flores pouco antes de abrirem por completo, altura em que os seus óleos essenciais são mais fortes. Apanhe as folhas em qualquer altura durante a época de floração.

Flores Secas

A lavanda-inglesa suave e de aroma floral não é menos valorizada pelos seus óleos do que alfazema intensamente aromática oriunda do Mediterrâneo.

Rosmaninho L. stoechas

Também chamado rosmânia, este arbusto cerrado possui folhas estreitas e verdes  e flores púrpura coroadas por brácteas púrpura. Algumas variedades são resistentes, outras são semi-resistentes e podem sobreviver durante o Inverno num local abrigado. A L. stoechas apresenta uma nota de cânfora mais pungente do que a L. angustifolia.

 

Afazema